Arriva La Befana

A Epifania é uma tradição religiosa italiana comemorada todo dia 6 de janeiro, feriado nacional, e sua versão folclórica mais popular é La Befana, um personagem bastante popular na cultura italiana, que está ligada às tradições do Natal e Ano Novo. A Befana se parece com uma bruxa, com nariz comprido, vestido negro e voando por uma vassoura.
Na tradição bíblica, a festa da epifania é quando os Três Reis Magos chegam a Belém levando presentes para o Bebê Jesus no 12º dia de Natal.
Conta a lenda popular que no dia em que Jesus nasceu, quando os Três Reis Magos viajavam a caminho de Belém para visitar a criança predita pelas profecias da Bíblia, acabaram se perdendo. Eles caminharam até que encontraram uma pequena cabana isolada no meio do deserto. Chegando à cabana, logo avistaram à porta uma simpática velhinha que lhes recebeu com um sorriso acolhedor. Eles lhe explicaram a situação, mencionando a importância de sua viagem, e disseram que estavam perdidos havia algumas horas e não tinham nenhuma ideia de onde ir. Por fim perguntaram à senhora se ela saberia o caminho a seguir. Infelizmente ela também não conhecia o caminho para Belém, mas como já era bem tarde da noite lhes convidou para passarem a noite em sua cabana e descansarem, assim no dia seguinte poderiam prosseguir a viagem à luz do dia, quando seria mais fácil encontrarem seu caminho. 
Na manhã seguinte os Três Reis Magos se despediram da velhinha e lhe convidaram para juntar-se a eles na viagem, para poder também ter a honra de conhecer o menino Jesus. Mas ela recusou o convite, dizendo que estava muito atarefada e não poderia deixar a cabana.
Assim os Três Reis Magos continuaram sua viagem para Belém. Um pouco mais tarde a velhinha se arrependeu de não ter ido com os homens para conhecer Jesus. Por isso ela tentou segui-los, mas nunca mais conseguiu encontrá-los. Então ela continuou sua jornada sozinha, e parava em todas as casas pelo caminho para dar doces e presentes às crianças que nelas habitavam, na esperança de que alguma delas fosse o predito menino Jesus.
La Befana é adorada pelas crianças italianas, que penduram suas meias para receberem presentes nas noites entre 5 e 6 de janeiro. As meias são colocadas nas janelas ou sobre as lareiras, com uma taça de vinho, ou algumas guloseimas de Natal, como panetone ou pandoro, muitas vezes deixados do lado de fora como refrescos para La Befana.
Segundo a tradição, as crianças que se comportaram bem durante o ano recebem doces e presentes, mas as que não se comportaram tão bem recebem pedaços de carvão.
Depois de depositar seus dons, a velha bruxa coberta de fuligem é conhecida por varrer a casa antes de pular em seu cabo de vassoura novamente.
A Befana parece ser herdeira de uma deusa pagã denominada Strenia, que patrocinava os presentes de ano novo, "Strenae", da qual, de fato, provém o seu nome. Os seus presentes eram do mesmo tipo dos da Befana - figos, tâmaras e mel. Além disso, as suas celebrações recebiam forte oposição dos primeiros cristãos, pelo seu caráter barulhento e agitado.